Make your own free website on Tripod.com


voltar

O mundo é muito mais complexo do que podemos imaginar, por isso deveríamos observar cada momento que nem um neném.

 

O TAO TE KING:

 

Uma história sobre o Tao Te King

Aqueles que falam não sabem;

Aqueles que sabem, não falam;

Isto nos explica Lao Tse.

Devemos acreditar que ele era mesmo um sábio?

Então, como pode ser que ele escreveu nada menos

do que cinco mil palavras?

-

P’o Chui, um dos mais famosos poetas da dinastia T’ang, no nono século, escreveu este humorístico comentário.

Eu acho que o próprio Lao Tse teria rido e confirmado, e depois teria perguntado: ‘‘De qual sábio estão falando? Quem é esse Lao Tse que você chamam de sábio?’

Ninguém sabe com certeza quem Lao Tse foi ou se ele de fato existiu. Ninguém sabe quem escreveu o Tao Te King:

Uns acreditam que o Tao Te King é uma mixórdia de ditados e ensinamentos juntados durante o tempo.

Outros acreditam que Lao Tse foi um sábio que vivia viajando de uma cidade para a outra cavalgando um búfalo.

A única coisa que sabemos é que o nome Lao Tse provavelmente significa Homem Velho. Homem velho como sinônimo de homem sábio.

O que se sabe é que existiu um grande mestre, que provavelmente foi chamado de Lao Tse, pelos chineses também chamados de Lao Dan, cujo sobrenome era Li. Ele nasceu no ano 604 a. C. na aldeia Ku-jen no norte do estado Tchu. Trabalhou muito tempo no templo do rei Dchou como escrivão e arquivarão. Quando e a onde morreu, ninguém sabe. Seu aluno Dchung Dse diz que morreu rodeado de seus alunos.

O Tao Te King foi originalmente denominado de Huang Lau Yen, que significa: as palavras de Huang Di e de Lau Dse. Acredita-se que Huang Di foi o legendário soberano da Antigüidade que viveu durante a época do bronze.

Como você pode ver, quem realmente escreveu o Tao Te King, ninguém sabe com certeza.

O que nós sabemos com certeza é que o Tao Te King existe. Sabedoria não muda se o autor muda. É irrelevante quem escreveu o Tao Te King, o importante é que ele foi escrito. O livro

do Tao e o livro do Te são uma composição de cinco mil palavras cheias de sabedoria que têm como objetivo mudar e transforma a personalidade e o caráter de quem as lê.

Eu pessoalmente acredito, que há muito tempo atrás, existiu um homem sábio que todos chamavam de ‘o Velho’ (o mestre). Esse tal de Lao Tse teve alunos e de fato escreveu vários textos e versos que deram a origem ao primeiro manuscrito do Tao Te King. A esse primeiro manuscrito foram adicionados outros versos e textos já existentes, escritos por grandes sábios da Antigüidade. Com o passar do tempo, tais textos, conforme o escrivão, mudaram um pouco e foram acrescentados por outros textos mais velhos e outros mais recentes.

Esta mistura de textos que hoje conhecemos como Tao Te King é uma mixórdia de sabedorias de mais de 4000 anos de cultura chinesa.

O ser muda, e mudando, também se muda a compreensão do Tao. O mundo está em constante transmutação. Conforme nas nos mudamos e conforme o mundo se mudar, nossa interpretação do mundo irá se mudar. O mundo é que nem um espelho, um espelho que irá somente refletir aquilo que nós somos capazes de reconhecer. Por isso os mestres sufis falam que cada história, lenda ou ensinamento tem sete níveis de interpretação. Conforme o estado mental e espiritual do leitor, este irá entender o mesmo ditado de uma ou outra forma.

O Tao Te King é uma forma de espelho, um espelho que nos permite a nos próprios reconhecer. Olhando nele, aprendemos, pouco a pouco, a desfazer as máscaras que constantemente usamos, assim aprendendo a ser espontâneo. Olhando no espelho, podemos reconhecer que você é eu e eu sou você.

O Tao Te King não é um livro de regras que se deve seguir cegamente. Quem o segue cegamente faz dele um dogma. Quem o critica cegamente não tira proveito dele. Por isso, certos textos ou somente certas partes de textos lhe irão agradar, já outros não. Tire o seu proveito, e não o proveito que uma outra pessoa pensa que você tenha que tirar ao ler o livro. E não se assuste quando daqui a alguns meses ou anos você de repente interpretar um mesmo texto completamente diferente. Isso é um belo sinal que você está vivo, um sinal que você está se mudando. Só não muda o que está morto.

O mundo é repleto de gente nos tentando dizer como devemos ver o mundo. O Tao Te King nos tenta ensinar, que nós devemos ver o mundo do nosso jeito e não através dos óculos do vizinho ou da fulana do lado e muito menos, através dos óculos do Tao Te King. Para você existe somente uma verdade, a sua verdade. E essa verdade é somente válida para você.