Make your own free website on Tripod.com


voltar

O mundo é muito mais complexo do que podemos imaginar, por isso deveríamos observar cada momento que nem um neném.

Exercício de Concentração Exercício de Energisação Execício de Visualização

 

Alguns exercícios de relaxamento, visualização e meditação

Dois exercícios de Relaxamento

O primeiro relaxamento

Antes de fazer qualquer exercício de mentalização, primeiro relaxe o corpo e a mente. Meditar sob tenção é muito difícil.

Se você estiver tenso, sente-se (isso você pode fazer em todo o lugar, inclusive dirigindo), inspire bastante ar, enchendo o pulmão todo, segure o ar por uns segundos, e suspire todo o ar pela boca de uma vez soltando um ruído. Faça isso algumas vezes e depois endireite o corpo e continue com as atividades diárias.

Esse relaxamento eu aprendi de um professor chinês.

Nós estávamos em Munique, na Alemanha, dirigindo no meio de um tráfico tenso. Como a gente não conhecia bem a cidade, estávamos dirigindo bem devagar à procura da rua certa. Os outros motoristas não estavam tendo a menor paciência com nós, ora toda buzinando e xingando, até nós pararmos num sinal vermelho. Aí, um outro carro parou do nosso lado, e o motorista do carro começou a xingar amostrando o dedo. O professor chinês olhou para o cara, inspirou bastante ar e suspirou em direção do motorista. O sinal virou verde, nós continuamos a nossa procura e o outro motorista ficou dando piruetas de raiva dentro do carro dele.

O professor me explicou: „Para que ter raiva dele. Se eu ficar com raiva dele, eu estarei dando a minha energia a ele. Num caso que nem esse, quando alguém pensa que tem o direito de me xingar, eu imagino a tal pessoa de cuecas, ela parece tão ridículo que a única coisa que eu posso fazer é suspirar e rir."

Este exercício treina você a não desperdiçar energias com pensamentos fúteis. No momento que você der atenção a um determinado pensamento, você estará automaticamente dando parte de sua energia a esse pensamento. No momento que você der atenção a uma determinada pessoa você estará automaticamente dando parte de sua energia. Se alguém estiver falando mal de você e você começar a dar muita atenção a essa pessoa, você estará fortalecendo essa pessoa dando parte de sua energia a ela. Isso não significa que você deve andar pela vida sem prestar atenção ao que acontece a sua volta. Mas, quanto mais atenção você der a alguém, mais forte essa pessoa (ou pensamento, ou trabalho feito contra você, ou etc.) fica. Uma certa quantidade de atenção, ou melhor, dito: ter a consciência do que está acontecendo aos seus arredores, é imprescindível. Agora, se você der demasiada atenção até ao ponto de se prostituir, isso só lhe irá causar transtornos em sua vida. Dê atenção a aquilo que merece receber atenção e fique consciente daquilo que não merece receber atenção.

 

O segundo relaxamento

Nunca faça este exercício dirigindo.

Você se deita num lugar limpo e tranqüilo e feixe a porta para não ser perturbado.

Você se deita confortavelmente. Você pode botar uma música (só instrumental) e acender um incenso.

cê inspira e espira profundamente para acalmar o corpo e a mente.

Agora você tenciona o corpo inteiro começando pelos pés. Depois tenciona as pernas, a barriga, o peito, os braços, as costas, o pescoço e por fim a cara. Praticamente o corpo inteiro. Mantenha o corpo inteiro bem tenso por alguns segundos e depois relaxe o corpo inteiro de uma só vez. Isso você faz umas 3 a 4 vezes seguidas.

Agora você tenciona somente o pé e a perna esquerda, segura a tenção por um instante e relaxe. Ao relaxar você auto-sugere dizendo: „O meu pé esquerdo está completamente relaxado, minha perna esquerda está completamente relaxada, com cada expiração eu me relaxo mais e mais. Meu pé e minha perna estão bem pesados. Com cada respiração o meu pé e a minha perna ficam cada vez mais pesados." (Tente sentir o peso do pé e da perna, tente sentir como o pé e a perna ficam cada vez maispesados até você ter a sensação que ambos estão se aprofundando no chão.)

Esse procedimento você repete para o pé e a perna direita.

Você repete para o beco, cintura e traseiro: „O meu beco, a minha cintura e o meu traseiro estão completamente relaxados. Com cada expiração eu...’’ (é importante você relaxar ao expirar. Você inspira energia para dentro do corpo e espira as tenções para fora relaxando.)

Repita para a barriga, relaxando os órgãos internos: „O meu fígado está completamente relaxado. Com cada expiração eu me relaxo cada vez mais....’’ E assim vai repetindo para o baço, o estômago, o intestino, os rins, a bexiga, o pâncreas, e por fim auto-sugere: ‘‘A minha barriga inteira está completamente relaxada. Cada um dos meus órgãos está completamente relaxado."

Você continua o exercício com o tórax e as costa relaxando os pulmões, o coração, a coluna vertebral e os músculos das costa.

A mesma coisa você faz com a mão e o braço esquerdo. Com a mão e o braço direito e por fim também com o pescoço, a nuca, a face e a testa.

Depois de ter relaxado o corpo por completo, você diz: „Eu estou completamente relaxado, completamente tranqüilo, meu corpo está completamente relaxado e minha mente está completamente acordada." Você prevalece nesse estado o tempo que quiser. Com cada expiração você se relaxa mais e mais e ao mesmo tempo a sua mente fica cada vez mais acordada. Você sente como o corpo fica cada vez mais relaxado e mais pesado até parecer que está se afundando no chão.

Para controlar o grau de relaxamento, você se concentra no seu queixo. O grau de relaxamento do seu queixo lhe diz o quanto você conseguiu relaxar.

Quando você quiser sair deste estado de relaxamento você começar a movimentar o corpo: primeiramente movimente os dedos das mãos e dos pés, depois movimente os braços e as pernas, depois o tronco, a cabeça e por fim espreguice e se auto-sugere: „Eu estou completamente relaxado, cheio de energia e completamente acordado."

Se você tiver um gravador em casa, você pode gravar as instruções numa fita até você estiver acostumado(a) com o procedimento.

Com o tempo você vai se acostumado e logo logo você será capaz de relaxar num instante, deitado, sentado, de olhos fechados ou abertos, dentro de caso ou no meio de uma praça movimentada.

Este relaxamento aprendi na Índia, no monastério Sivanada Yoga Dhavanthari Ashram em Trivandrum, Kerala.

Este relaxamento será a base para os outros 11 exercícios, por isso treine o bem. Ele lhe proporcionará a entrar num estado profundo de relaxamento sem adormecer.