Make your own free website on Tripod.com

 

China

 

 

A China é uma das mais velhas culturas do nosso planeta. Paleontólogos acharam vestígios de cultura no continente chinês que data a era neolítica (a era da pedra). Agora os mais velhos indícios de uma cultura organizada data 2205 AC, a era denominada de dinastia Hsia. Esta era foi dominada pelos Reis sacerdotes. Era uma era que até Confúcio recomendou tê-la de volta. Ela teve seu declínio depois que os reis deixaram de se preocupar assim tanto com a sua espiritualidade.

No todo foram 16 dinastias.

A muralha chinesa é a maior obra jamais construída pelo homem. Ela pode ser vista da lua. Ela tem atualmente 6000 Km de comprimento, 16 m de altura e 5 m de largura. Atualmente ela representa somente 60% de seu tamanho original.

A sua construção se deve ao filho do imperador do reino Ts’in, que aos 13 anos já era um grande general. Ele conquistou os outros reinados e se auto-denominou de o primeiro imperador iluminado de Ts’in (Ts’in Shi-Huang-Ti).Para proteger o seu reino das constantes invasões dos povos nórdicos que nem os mongóis ele começo a construir a grande muralha por volta de 246 AC.

A china também sofreu várias invasões.

Por volta de 200 AC teve invasões dos hunos, durante a dinastia Han.

Entre 25 – 220 existiam relações econômicas com Roma e povos da mesopotâmia e oriente médio.

Na dinastia Tang, por volta de 618-907 china teve muitas batalhas contra povos turcos. Esta era é também muito interessante porque foi quando Bodhiadharma trousse o Budismo para a China. É a época de Lao Tse e Confúcio.

Em 1211 os manchus tomam china até 1389. Era a dinastia Ming. A muralha atinge o tamanho de 2450 Km de comprimento.

Em 1644 os manchus reconquistam Pequim e em 1911 é o fim da dinastia manchuria (dinastia Qing).

Depois de batalhas sangrentas entre imperialista e comunista, em 1949 os comunistas estabelecem em Pequim a republica do povo e China vira definitivamente comunista.

Em toda a sua história ao longo dos anos, a China travou muitas batalhas contra a Coréia e o Japão perdendo para e ganhando terreno de ambos.

A principais religiões são o Shintoismo e o Budismo.

É impossível querer, com tão poucas palavras, ser justo a enorme e vasta história chinesa. O que eu aqui relatei foi um pequeníssimo resume da rica história chinesa. O objetivo destes resumes é amostrar um pouco do passado marcial dos povos e esclarecer algumas dúvidas a respeito da origem das artes marciais.

Na página sobre a Índia podemos ler que alguns acham que a Índia é o berço das artes marciais porque ela foi o berço do Budismo. Os budistas na china representam meramente 6% da população, enquanto que os shintoistas representam 20%.

A civilização chinesa é tão velha quanto a indiana. Sendo que tiveram influencias diferentes. Suas tradições marciais são tão velhas quanto suas lutas, derrotas e conquistas. Eu não tenho dúvida que ambos se influenciaram mutuamente, mas dizer que um é o berço do outro seria muita arrogância.