Make your own free website on Tripod.com
E sua tradição marcial Kalari Payat Yoga

 

Índia

 

 

 

Escrever sobre a história da Índia vai alem do objetivo desta página. Mas mesmo assim eu gostaria de ressaltar alguns fatos e incentivar você a procurar numa enciclopédia mais informações.

Historiadores descobriram que a área hoje denominada de Índia é habitada desde a idade da pedra. Fundos arqueológicos provaram que a mis velha cultura da Índia, a civilização Indus data 2500 AC que tinham uma cultura muito parecida á cultura egípcia e Mesopotâmia. Fundos amostraram que na época existia entre os povos um grande comercio de metais, produtos manufaturados, espécies, tecidos e muito mais.

Por volta de 1500 AC o norte da Índia foi invadido pelos povos Arianos e essa era é denominada de era Védica (os Vedas são os livros sagrados da Índia). Os assim chamados povos Indo Germânicos influenciaram o oriente médio, a Pérsia, Turquia, norte da Itália até o norte da Europa. Uns historiadores acreditam que os povos Indo germânicos imigraram para o oriente e Ásia menor e depois voltaram de volta para e Europa até a Finlândia e Noruega.

O que se sabe com certeza é que os povos Arianos trouxeram o Sanscritam (a língua sagrada) para a Índia, é a língua dos Vedas, Upanishad, o Bhagavat Gita (as canções sobre Krishna e a luta de Arjuna) e o Ramayana (a epopéia do Deus Rama e sua esposa Sita e sobre a devoção de seu servo eterno, o grande macaco Hanuman).

Por volta de 578 AC a Índia foi invadida pela Pérsia, mas ficou de novo independente antes dos confrontos com Alexandre o Grande em 326 AC.

A Índia sofreu muitas invasões, de ressaltar foi à época de Muarya o fundador do primeiro Império indiano em 322 AC.

Junto às essas todas invasões veio também diferentes religiões e culturas.

Os hunos, povo muito guerreiro que é mencionado nas sagas de Sigfried (da Alemanha) invadiu a Índia por volta de 470 DC.

Por volta de 1100 os turcos invadiram o norte da Índia e em 1198 foi construída a primeira mesquita muçulmana pelo sultão de Deli.

Em 1525, Bader ascendente direto do grande mongol Timur invade e toma o norte da Índia.

Em 1498 os portugueses invadem o sul e o litoral da Índia criando várias colônias que nem Goa, Damão, Diu, Dadra e Nagar Haveli. É interessante ressaltar que em todas as ex-colônias portuguesas seus habitante, mesmo depois de séculos, ainda falam algumas palavras portuguesas e os nomes prevaleceram portugueses.

Em 1612 os Ingleses tomaram a Índia dos portugueses. Em 1767 os Ingleses derrotaram os franceses e tomaram conta de Bengal. O poder britânico foi crescendo e se consolidando até que em 1858 o governo britânico assume a direta responsabilidade pela Índia.

15 de 08 de 1947 Índia declara sua independência e é dividida em Paquistão e Índia, é o começo de uma interminável rivalidade entre os dois países.

Duas personalidades que gostaria de mencionar é Mahatma Gandhi que com sua postura não só foi essencial para a independência da Índia como também foi um exemplo para o mundo inteiro.

A segunda personalidade é Rabindranath Tagore:

E Tagore nos escreve:

            A meia noite, diz um que queria ser um asceta:

            „Agora chegou a hora de eu partir e procurar Deus.

            Quem foi que me segurou todo este tempo aqui em meu lar?’’

            E Deus, sussurra: „Foi eu.’’ Mas o homem não o escuta.

            Sua esposa, está deitada dormindo tranqüila ao seu lado com uma das crianças no colo.

            O homem olhando ela fala: „Quem são vocês, que todo este tempo me enganaram e me seguraram?’’

            E a mesma voz sussurra de novo: „Ela e ele são eu (Deus).’’ Mas o homem nada ouve.

            A criança berra no sonho e se aconchega mais á mãe.

            E Deus manda: „Ó seu tolo, não deixes o teu lar.’’ Mas ele nada ouve.

            E Deus suspira: „Por que é que o meu servo me deixa, para me procurar?’’

 

Atualmente são reconhecidas na Índia 14 línguas diferentes fora do Hindu (que é língua nacional) e o Inglês:

Línguas Indo arianas:

Hindi; Urud; Hindustani; Punjabi; Marathi; Bengali; Gujarati; Orya; Assamese; Kashmiri; Sanskritam (a língua sagrada).

Lingus draivianas:

Telugu; Tamil; Kannada; Malayalam.

 

Como podemos ver, a Índia é um país multicultural em todos os aspetos, tanto na cultura como na religião como nos costumes e na língua.