Make your own free website on Tripod.com

 

voltar

Se paramos um pouco para pensar  notaremos que o mundo que nos rodeia é meramente uma ilusão por nós mesmos (as) criada

 

cartas

 

1. A carta mental

este truque é muito simples mas muito eficaz. Você pega um baralho comum e o amostra a todos, pode ser um baralho emprestado. este é um truque que você sempre pode fazer quando alguém lhe pede para demonstrar as suas habilidade como ilusionista. Os espectadores podem pegar o baralho, misturá-lo, sentar em cima, fazer piruetas com ele, tanto faz.

Pois bem, você pega o baralho de cartas de volta e o leva atrás de suas costas, segurando-o com ambas as mão.  Atrás de suas costas você inverte uma parte das cartas do baralho, de tal forma que você tenha um baralho com duas faces. a maior quantidade das cartas amostrando para um lado (que serão amostrada ao público) e um menor número de cartas com a face amostrando para o outro lado (em sua direção).

Assim preparado você está pronto para o show. De agora em diante tudo depende de você, de seu talento como ator.

enquanto você prepara em secreto o baralho atrás das costas, para que o público não desconfie que você esteja fazendo algo com as mãos atrás de suas costas você desvia a atenção do público falando: Minhas senhoras e senhores eu vou demonstrar hoje o poder da mente. eu vou tentar predizer as cartas meramente olhando os seus olhos e lendo as suas mentes.

Bem, ao falar e explicar o que você vai fazer você tem suficiente tempo para virar parte do baralho atrás das costas. Agora você trás o baralho para a frente com uma das faces amostrando para o público e a outra para você. Você amostra o baralho de frente para o público de tal forma que que o público só possa ver a face da frente do baralho ede tal forma que só você  pode ver a face de trás do baralho.

público   você

O truque está pronto para ser usado, o que você não deve fazer é amostrar ao público que o seu baralho tem duas faces.

Você, segurando o baralho com uma mão amostra-o ao público, fala: Minhas senhoras e meus senhores, olhem bem esta carta. Cada vez que eu amostra uma carta do baralho desta forma eu peço que vocês memorizem-na bem, para eu depois poder ler as vossas mentes e assim adivinhar a carta.

O truque está feito. Agora você memoriza a carta que está do seu lado, vamos supor que seja sete de espadas. você trás o baralho para trás de suas costas e vira a carta que você memorizou para a frente do baralho. assim feito você trás o baralho para a frente e amostra-o aos espectadores e fala: Senhoras e senhores, por favor concentrem-se nesta carta. Um momento, eu estou captando algo, uma vibração mística, eu acho que a carta é: ........ retangular com fundo branco. Não estou certo? deixe as pessoas rirem e reclamarem que isso elas também seriam capazes de predizer. Um momento, todo processo de mentalização dura um certo tempo até eu entrar em sintonia com a mente dos espectadores e espectadoras. Me deixem concentrar. Sim, estou vendo, a cor da carta é preta, sim, sim, é um sete, e não é tudo não, estou vendo que o símbolo também é preto, sim é um sete de espadas. estou certo?

Você tem que dramatizar o momento e esperar pelo estonteamento, e antes que o público possa indagar ou pedir para ver o baralho você continua. Você memoriza a próxima carta, leva o baralho atrás das costas, vira a carta para a frente e o amostra de novo o baralho, e assim fazendo você fala: e aqui vai a próxima carta. e vamos ver se desta vez eu também tenho sorte. Você faz arte, finge se concentrar, e adivinha a carta. Imediatamente você repete mais uma vez, e mais uma vez, e cada vez que você repete você adivinha a carta mais rapidamente. e para explicar isso você fala: Agora entrei em sintonia com o público. Ah, estou sentindo aqui alguém com problemas amorosos, mas isso vamos deixar para uma outra ocasião. E assim falando você continua até todas as cartas estiverem viradas e o baralho estiver de novo com todas as cartas normalmente postas e viradas para um só lado. Terminando a performance, você devolve o baralho ao dono que com certeza irá examiná-lo a fundo.

Na apresentação você pode até errar um ou duas vezes no começo só para satisfazer o público. Depois de ter errado uma ou duas vezes o público irá realmente acreditar que você conseguir ler de alguma forma os pensamentos quando depois você acertar umas dez vezes em seguida. O importante é que você sempre memorize a carta que vai amostrar,

O importante é no começo não virar demais cartas atrás das suas costas para você não ter que ficar a noite inteira adivinhando cartas. Com um pouco de prática você irá conseguir virar umas 15 cartas atrás de sua costas. Não tem que ser exatamente quinze, pode ser 12 ou 19.

depois de você ter adivinhado as cartas, Chegando na última carta, você fala: E aqui terminamos por hoje. quem quer tentar? e assim você entrega o baralho ao público.

Tente esta apresentação primeiro na frente do espelho muitas vezes até tudo dar bem certo e depois tente com a namorada, namorado, amigo, esposo (a), pais, avós. e somente depois de tudo der certo tente com colegas. Isso é muito importante. Você tem que estar seguro do procedimento para não fazer erros e assim dedurar o segredo.

 

2. preto ou vermelho

 

Esta apresentação você pode fazer logo em seguida da anterior com o mesmo baralho depois dos espectadores terem examinado o baralho muitas vezes.

Você pede a um espectador misturar o baralho e botar uma quantidade qualquer de cartas na mesa. Aqui você pode brincar com o espectador e perguntar se ele (a) não quer adicionar ou tirar uma ou mais cartas. Depois de o espectador ter botado um número determinado de cartas na mesa você diz: Qual cor você prefere? Vamos supor que o espectador fale vermelho. Aí você responde: eu já sabia que você iria escolher essa cor, pois no monte de cartas que você selecionou se encontram exatamente 3 cartas vermelhas a mais do que cartas pretas no resto do baralho. O espectador confere ambos os baralhos e confirma o que você acabou de dizer.

e você pode logo repetir o truque de novo.

Aqui vai o segredo:

O truque funciona por sozinho. O melhor é você o experimentar logo agora.

Pegue um baralho qualquer e devida o baralho em dois montes com o mesmo numero de cartas. Agora você tem dois montes onde num tem tantas cartas vermelhas como cartas pretas no outro monte, e vice versa.

Isso é bem lógico se paramos um pouco para pensarmos, mas a maioria das pessoas não pensam e é aí que o truque funciona.

Agora você tira de um dos montes duas cartas e as adiciona ao outro monte. Agora você terá num monte duas cartas vermelhas a mais do que cartas pretas no outro monte, e vice versa. Tanto faz a cor que o espectador escolher, sempre dará certo.

Durante a demonstração você pede ao espectador selecionar 16 cartas vermelhas e 16 cartas pretas do baralho e as misturar bem misturado (você faz isso para evitar usar um baralho onde faltam algumas cartas). Depois de o espectador ter misturado as cartas bem você fala: Eu não acho que as cartas estão ainda muito bem misturadas, vamos deixar mais uma outra pessoa misturá-las. quem quer tentar? Todos vão querer misturar as cartas, e quantos mais misturarem melhor, porque tanto faz quantos e por quanto tempo as cartas são misturadas, nada vai alterar o truque, mas os espectadores vão pensar que agora eles complicaram a sua vida.

Depois de terem misturado as cartas muito bem você pede a um espectador (a) a contar das 32 cartas um numero qualquer de cartas do baralho e botá-las com a face para baixo na mesa ao lado do baralho selecionado (32 cartas). Tudo o que você tem a fazer é contar junto com o espectador (em silencio e secretamente) quantas cartas foram escolhidas e subtrair tal numero de 16. Vamos supor que o espectador contou 12 cartas, você subtrais 16-12 = 4. Assim você sabe que ele tem 4 cartas vermelhas a mais do que pretas no baralho, ou se o espectador tinha escolhido a cor preta ele terá 4 cartas pretas a mais do que vermelhas no resto do baralho.

este truque você não deveria fazer infinitamente, de preferência no máximo duas vezes. E depois da segunda vez você pegas todas as cartas e mistura-as bem e fala: Por hoje é só, da próxima vez tem mais.

com certeza os espectadores irão querer conferir mais uma vez o baralho. Deixe, pois o baralho é uma baralho comum.

 

Agora só me resta lhe desejar boa sorte.